Com obras paralisadas há cinco anos, quadra poliesportiva de colégio baiano está abandonada

Em meio tijolos, ferros e um matagal que está crescendo ao redor de uma quadra poliesportiva, os estudantes do Colégio Estadual Aristides Cedraz De Oliveira, na cidade de Ichu, no interior da Bahia, convivem com o descaso e o abandono do equipamento. Com as obras de reforma e cobertura da quadra paralisadas desde 2014, os alunos realizaram uma manifestação nesta semana pela retomada das obras.

Em contato com o Varela Notícias, um funcionário da unidade escolar, que preferiu não se identificar, contou que as aulas de educação física acontecem na área onde era o estacionamento. Quando é preciso utilizar alguma quadra, os estudantes seguem para a quadra poliesportiva do município.

“Essa semana mesmo a gente fez [atividades] na quadra poliesportiva do município, saímos da escola e levamos todo mundo para lá. Mas é incômodo, a coisa é muito chata, porque chega lá, a gente leva os alunos para a escola, porque lá não tem vestiário, ninguém vai trocar de roupa no meio da rua, não tem banheiro, não tem nada, não tem conforto nenhum. E a quadra que tinha na escola era muito boa. Eles desmancharam para cobrir e não fizeram nada. Agora nem quadra, nem cobertura, nem nada”, lamenta.

Em nota, a Secretaria de Educação do Estado da Bahia (SEC-BA) informou que irá rescindir o contrato atual com a empresa responsável pela obra. Ainda conforme a SEC, uma nova empresa será contratada para realização dos serviços restantes e conclusão da obra.

Um vídeo gravado pelo portal AL Notícias e enviado ao VN mostra a situação da quadra. Assista: