ACM Neto entrega requalificação do Terreiro de Jesus

Um dos espaços de grande importância histórico-cultural de Salvador, a praça do Terreiro de Jesus, localizada no coração do Centro Histórico da cidade, no Pelourinho, está de cara nova. Inserido em um conjunto arquitetônico com imóveis da arquitetura colonial portuguesa, lojas, restaurantes, bares e igrejas centenárias, o local foi completamente revitalizado e será entregue pela Prefeitura nesta sexta-feira (7), às 17h, em cerimônia de inauguração com a presença do prefeito ACM Neto.

“É uma obra importantíssima dentro desse contexto de grandes investimentos que estamos fazendo no Centro Histórico de Salvador. O Terreiro de Jesus é uma das praças mais importantes da nossa cidade. Não tem como não ficar emocionado quando chega aqui e vê essa beleza histórica, cultural, patrimônio da humanidade, berço da cultura da nossa capital, inteiramente requalificada e mais bonita”, disse Neto.

A requalificação do Terreiro de Jesus foi concluída em nove meses e envolveu obras de pavimentação, arborização e restauração da fonte que abriga a estátua da deusa Ceres, divindade da agricultura na mitologia romana. O espaço também passa a contar com nova iluminação cênica em LED, que foi pensada para valorizar o entorno do sítio histórico, além da reimplantação de um jardim.

O secretário da Cultura e Turismo de Salvador, Cláudio Tinoco, também avaliou positivamente a obra e ressaltou o compromisso com a cidade.

“É um trabalho que não passa só por urbanização, é uma obra que passa por gente. Continuaremos dialogando com todos para que a gente possa ter um melhor proveito. A gestão tem compromisso com a cultura e a história do nosso povo”, afirmou.

Coordenado pela Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), a intervenção fez uma releitura do projeto do paisagista Roberto Burle Marx, de 1952. A obra consistiu na aplicação do desenho original do piso e dos jardins, sendo acrescido de elementos modernos de acessibilidade e iluminação adequada.

A iniciativa representa um investimento R$ 1,4 milhão e está inserida em um conjunto de ações e obras projetadas, em andamento ou já concluídas, para requalificar todo o Centro Histórico, com um montante de investimentos que vai chegar a R$300 milhões, dentro do programa Salvador 360.

Foto de Max Haack/Secom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.